Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JAN
27
27 JAN 2024
AGENDA CULTURAL
DIREITOS HUMANOS E CIDADANIA
“Dia da Visibilidade de Trans e Travesti”: Prefeitura promove ação no próximo domingo (28/1)
enviar para um amigo
receba notícias

A Prefeitura de Contagem, reafirmando seu compromisso com a inclusão e diversidade por meio de várias ações na cidade, como o do Dia da Visibilidade de Trans e Travesti, promoverá, no parque Fernão Dias, no próximo domingo (28/1), a partir das 14h, a ação “Conectando Vidas, Construindo Pontes”. A iniciativa visa destacar a importância da visibilidade e respeito às pessoas transgênero e travestis na sociedade.

O público contará com várias atividades e serviços, como orientações jurídicas, doações de roupas, orientação do novo RG, serviços da assistência social, entre outros. Os visitantes também vão se divertir com muitas apresentações culturais por meio de dança, música e teatro. “Acreditamos que a visibilidade é crucial para combater o preconceito, a discriminação e promover a inclusão e os direitos dessas comunidades” alegou o superintendente de Políticas de Defesa dos Direitos Humanos e Diversidade Sexual, Leonardo Lacerda.

O Dia Nacional da Visibilidade Trans, criado em 29 de janeiro de 2004, tem o objetivo de combater a violência e a opressão sofridas por esta população. Diariamente, as pessoas transexuais e travestis lutam pelo respeito à identidade de gênero, ao acesso às políticas públicas de saúde, educação, assistência social, cultura, ao mercado de trabalho, entre outros direitos básicos.

Denuncie!

Toda delegacia tem o dever de atender as vítimas de transfobia. Em caso de violências e/ou discriminação, é necessário registrar o boletim de ocorrência e disponibilizar auxílio de possíveis testemunhas, para que os trâmites legais cabíveis ocorram de maneira hábil e eficaz.

Além disso, as denúncias podem ser feitas pelo 190 (Polícia Militar) e pelo Disque 100, do Departamento de Ouvidoria Nacional dos Direitos Humanos.

Serviço

Data: Domingo (28/1) 

Horário: 14h 

Local: parque Fernão Dias 

Endereço: r. Rio Comprido, bairro Cinco

CLIQUE AQUI e confira a galeria de fotos. JANINE MORAES/PMC

Autor: jornalista Raquel Lopes / Edição: João Cavalcanti
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia