Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
22
22 NOV 2023
COMANDO DA GUARDA CIVIL
DEFESA SOCIAL
MEIO AMBIENTE
REGIONAL SEDE
Forças de segurança combatem a compra e a venda de fios de cobre
Foto Noticia Principal Grande
Foto: Adelcio Ramos/PMC
enviar para um amigo
receba notícias

A Prefeitura de Contagem segue trabalhando para garantir a segurança e o bem-estar da população, bem como impedir crimes e ações que causam transtornos e prejuízos aos moradores da cidade. Na manhã desta quarta-feira (22/11), a Guarda Civil de Contagem (GCC) realizou, junto com outras forças de segurança e órgãos de fiscalização, a quarta fase da “Operação Hefesto”, com o objetivo de combater a venda de fios de cobre no município em estabelecimentos e galpões conhecidos como “ferros-velhos”, na região Sede.

Ao todo foram dez alvos que as Inteligências da GCC, Polícia Militar (PMMG) e Polícia Civil (PCMG), com o apoio do Ministério Público (MP), levantaram ao longo dos meses para que a “Hefesto IV” acontecesse. As equipes foram divididas em duas rotas. 

Das dez empresas, oito tinham problemas estruturais, mas não praticam crimes relacionados a venda ilegal de material adquirido por roubos e furtos.  Algumas dessas empresas de reciclagem ou ditos ferros-velhos apenas receberam notificações relacionadas a Posturas, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária, Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) e extintores vencidos.

De acordo com o subcomandante da Guarda Civil de Contagem, Adrinei Eustáquio, a ação foi importante para combater os transtornos causados por furtos e vendas irregulares desse tipo de material. “A operação é importante para que Contagem não tenha mais problemas, por falta de energia em escolas e comércios. Esse tipo de ação é um fator ímpar para trazermos mais respostas à sociedade e no combate a esse tipo de crime”, comentou

A “Operação Hefesto”, nas fases anteriores, interceptou mais de 20 toneladas desse material e, aproximadamente, 5.200 metros cúbicos de cobre. Ao todo, foram 25 autuações em parcerias com as secretarias municipais de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) e Desenvolvimento Urbano e Habitação (SMDUH)/Fiscalização de Posturas, bem como quase 60 ocorrências realizadas diretamente pela guarda.

 

Autor: jornalista Leonardo Melo / Edição e revisão: Ana Paula Figueiredo
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia