Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
NOV
23
23 NOV 2023
SAÚDE
SERVIÇO
Centro Materno Infantil de Contagem promove palestra sobre prematuridade para mães e profissionais
enviar para um amigo
receba notícias

Na última sexta-feira (17/11), data que marca o Dia Mundial da Prematuridade, o Centro Materno Infantil (CMI) foi palco de uma palestra abrangente sobre o tema, abordando diferentes aspectos desse desafio enfrentado por muitas famílias. O evento contou com quatro momentos distintos, proporcionando uma experiência informativa e enriquecedora para todos os participantes.

O primeiro momento foi marcado por uma roda de conversa emotiva e esclarecedora, na qual mães de prematuros compartilharam suas vivências, desafios e conquistas. “Essa troca de experiências traz um ambiente acolhedor, permitindo que as mães se apoiem e dêem força umas para as outras, sabendo que estamos enfrentando a prematuridade que é um momento muito delicado para nós mães”, disse Graciele Pereira, que teve sua filha prematura no CMI.
 

 
Mães de bebês prematuros puderam trocar vivências e apoiar umas as outras. Foto: Fábio Silva/PMC

Alda da Costa, outra mãe que teve gêmeos prematuros no CMI, ficou muito feliz com a importância que o hospital deu para a prematuridade. “Fico muito contente de poder ouvir outras histórias e contar meu ponto de vista e minhas angústias. A equipe do CMI foi super atenciosa comigo e com meus filhos desde o início, um deles já recebeu alta e acredito que esse atendimento humanizado que proporcionou isso. Quero destacar o atendimento da enfermeira Magali que está presente comigo desde o nascimento dos meus bebês”, contou.

A médica pediatra neonatal do CMI, Priscylla Márcia, conduziu a segunda parte da palestra, apresentando informações essenciais sobre o desenvolvimento prematuro. Foram abordados temas como as principais complicações de saúde, cuidados necessários e marcos de desenvolvimento que os bebês prematuros podem enfrentar.

De acordo com Pryscilla, o pré-natal é um dos pontos cruciais para evitar a prematuridade da criança. “Aqui no CMI temos todo o cuidado possível desde o pré-natal até o nascimento para que o bebê tenha uma qualidade de vida alta”, disse a pediatra.

A terceira parte focou no Projeto Canguru, apresentado pela enfermeira neonatal Katia Aparecida. O projeto, que envolve o contato pele a pele entre mãe e bebê, foi discutido em detalhes, destacando seus benefícios para o desenvolvimento emocional e físico dos prematuros. A enfermeira compartilhou experiências práticas e incentivou a participação ativa das mães no cuidado de seus filhos, fortalecendo o vínculo entre eles.


Método Canguru, apresentado no encontro, reforça o contato entre mãe e filho. Foto: Davi Souza/PMC

Katia reforçou a importância desse projeto e do contato da mãe com seu filho prematuro para uma melhor evolução do quadro de prematuridade. “O contato da mãe com o filho é tão importante quanto os procedimentos médicos, um toque gentil da mãe, mesmo que na incubadora, pode ajudar na sua melhora. Sempre importante lembrar que a mãe é o principal pilar para o desenvolvimento do filho, esse contato inicial é indispensável”, afirmou Kátia.

Na última parte, a coordenadora de fisioterapia do CMI, Fernanda Malta, abordou a importância do trabalho multidisciplinar no cuidado com prematuros. Ela destacou que a colaboração entre profissionais de diferentes áreas, como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e outros especialistas, é crucial para garantir o melhor desenvolvimento e qualidade de vida para os bebês prematuros. “Temos uma equipe sempre preparada para lidar com todas as situações. A prematuridade é algo comum e muitas vezes inevitável, então o que fazemos é dar o máximo de conforto para a mãe e para a criança”, confirmou Fernanda.

Uma das enfermeiras da unidade, Flávia Sousa, destacou a grandiosidade e importância de falar desse tema. “Fico muito feliz de estar sendo sempre capacitada e informada sobre temas tão importantes, principalmente para gente que está todo dia no atendimento com as mães. Todos precisam ter esse conhecimento e valorizar uma data tão impactante, o Dia Mundial da Prematuridade”, disse Flávia.

Para finalizar esse momento, a superintendente do CMI, Dulcineia Cordeiro, falou sobre os profissionais da unidade. “A equipe que lida com o neonatal é muito especial, eles precisam de um preparo específico para lidar com os pacientes mais frágeis que temos. Para os pais aquele bebê é o seu bem mais precioso, por isso a nossa equipe sempre busca se aprimorar a cada dia e, assim, dar uma melhor qualidade de vida para os prematuros. Esse momento demonstra a importância que damos para essa causa”, afirmou.

O evento proporcionou não apenas informações valiosas, mas também promoveu a conexão entre as famílias e os profissionais de saúde. “Com esse momento o Centro Materno Infantil de Contagem reforça seu compromisso em oferecer suporte humanizado para aqueles que enfrentam a prematuridade, contribuindo para o bem-estar e desenvolvimento dos bebês prematuros e suas famílias”, finalizou Dulcineia.

 

Autor: estagiário Davi Souza, sob supervisão da jornalista Isabela Lucien / Edição e revisão: Ana Paula Figueiredo
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia