Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal de Contagem e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal de Contagem
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Flickr
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
26
26 FEV 2024
SAÚDE
SERVIÇO
Vigilância Sanitária intensifica ações de combate aos focos da dengue na cidade
enviar para um amigo
receba notícias

Em Contagem, o combate à dengue envolve várias frentes de ações para o controle do mosquito transmissor: o Aedes aegypti. Neste sentido, a Vigilância Sanitária (Visa) do município tem intensificado o atendimento das denúncias relacionadas às arboviroses (dengue, zika e chikungunya). A atuação da Visa consiste na busca de dados de proprietários ou locatários de imóveis junto ao cadastro imobiliário municipal, para identificação e notificação para cumprimento da eliminação dos focos da dengue.

Segundo explicou o diretor da Visa Contagem, Wilson Carvalho, ao receber uma denúncia, a partir da notificação, os inspetores retornam ao local no prazo estabelecido para verificação do cumprimento das medidas. “Entre os problemas mais habituais nos imóveis estão caixas d’água abertas, acúmulo de água em recipientes e vasilhames e ausência de manutenção adequada em piscinas nas residências. Mais que uma ação de fiscalização, o objetivo principal é ser uma ação educativa, pois em muitos casos temos a resolução sem que seja feita notificação. Apenas conversando com o morador sobre a importância da cooperação, já conseguimos a adesão”, disse.


Piscina antes e depois da visita da Vigilância Sanitária - Fotos: Fábio Silva/PMC

Caso a não conformidade não seja solucionada nos prazos estabelecidos, é lavrado o Auto de Infração Sanitária, ou seja, o processo pode resultar na aplicação de multa. “A multa não é o objetivo principal dessa ação, pois ela vai trazer um valor financeiro e não soluciona o problema, no entanto, ela serve de instrumento para que possamos obter a adesão nesse momento. Sabendo que o período de proliferação do vetor é de sete dias, se em até três dias nós fizermos a notificação, darmos ciência ao morador e ele corrigir a situação em tempo, já evitamos a proliferação de criadouros do mosquito”, explicou Carvalho.

A Visa Contagem também orienta a população a sempre fazer a vigilância do seu quintal e manter as caixas d'água tampadas. “Uma boa dica para todos na prevenção durante o período pandêmico é fazer uma verificação do seu imóvel e em casos de constatação de imóvel vizinho em desacordo, fazer a denúncia nos canais da prefeitura, assim poderemos tomar as medidas cabíveis em tempo hábil”, ressaltou Wilson Carvalho.

A população pode auxiliar nas ações de fiscalização, denunciando lotes vagos, quintais sujos e com acúmulo de lixo, caixas d’água destampadas, piscinas sem cobertura ou inativas, entre outros casos que podem servir de criadouros para o mosquito.

Confira abaixo os canais disponíveis para realização de denúncias:

 Ouvidoria Municipal

 Ouvidoria SUS

  • Telefone: 0800-283 2947 / 3472-6275
  • WhatsApp: (31) 9257-0653
  • Email: ouvidoria.sus@contagem.mg.gov.br
  • Site: https://portal.contagem.mg.gov.br/ouvidoria-sus     
  • Endereço: av. General David Sarnoff, 3113 - bairro Cidade Industrial - Contagem
  • Horário de funcionamento: 8h às 17h

 Vigilância Sanitária

  •  Telefone: 3472-6353 / 3472-6354
Autor: estagiário Filipe Soares, sob supervisão da jornalista Vanessa Trotta / Edição e revisão: Ana Paula Figueiredo
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia